Não é novidade para ninguém que quando alguma superprodução da Disney pousa em terras brasileiras o sucesso é garantido. E não foi diferente com ‘A Pequena Sereia – O Musical‘ espetáculo que estreou dia 30 de março no Teatro Santander, sendo um dos grandes destaques dessa primeira leva de musicais do primeiro semestre desse ano. Além da redação ter tido o privilégio de comparecer na coletiva de imprensa, onde você pode conferir o que rolou aqui, vi neste último domingo(1) o musical completo, fazendo me encantar mais ainda por essa história.

Ariel sempre foi minha princesa favorita da Disney, e há exatos 9 anos atrás quando o musical nascia nos palcos da Broadway eu já estava esperançoso por alguma montagem brasileira dessa história que marcou minha infância. Quem nunca quis ser uma sereia quando era pequeno não é mesmo? Após longos anos de espera, finalmente temos uma montagem para chamar de nossa literalmente! Afinal foi a primeira vez que a Disney liberou que fosse feita uma montagem do musical que não precisasse seguir a risca a versão americana, e nós só temos a agradecer por isso!

Tiago Abravanel arrasa como Sebastião em “A Pequena Sereia O Musical”.Foto: João Caldas/Divulgação

Assim que entrei ao teatro, o barulho da água e das aves invadem todo o ambiente fazendo você se sentir prestes a mergulhar no fundo mar. E quando tudo começa é inevitável você não ser puxado, pelas luzes e pelos cenários magníficos. Bom a história já sabemos de cor, o que surpreende no primeiro ato do espetáculo realmente é a forma como eles representaram o nado dos personagens. Algo que realmente eu paguei com a língua ao ver alguns vídeos e ler comentários de muitas pessoas que não gostaram do fato da Ariel ser carregada por alguns ensemble, que estavam ‘vestidos’ de água… Sim, você pode até estranhar como eu estranhei no começo, mas ao vivo tudo flui, tudo funciona perfeitamente bem, e fica lindo de se ver como eles trabalharam tão bem essa parte e, principalmente, o movimento corporal de cada um que tinha seu jeito de nadar diferente.

Fabi Bang que interpreta Ariel da um show a parte, mostrando toda a inocência de uma menina apaixonada que quer ser humana. No domingo Tiago Abravanel estava sendo substituído pelo brilhante Willian Sancar, que se de destaca em vários momentos da peça com o jeito nordestino arrancando risadas do público. Andrezza Massei da vida a temida Úrsula de forma espetacular. Rodrigo Negrini que interpreta o Príncipe Eric te encanta com seu charme e sua química com a Fabi, que juntos fazem de longe a cena mais linda e impressionante do musical inteiro, quando erguidos por cabos Ariel surge das alturas para resgatar Eric do fundo do mar. Lucas Candido que faz o Linguado na peça, se destaca em poucos momentos, queria mais, porém uma das melhores músicas do espetáculo é cantada por ele e pelas irmâs de Ariel, que aliás estão engraçadíssimas sentindo ciúmes da irmã, cutucando a mesma com vários trocadilhos refente ao mar. Cada personagem em cena foi muito bem trabalhado e se destaca na sua hora, como as enguias fiéis de Úrsula que roubam a cena quando estão cima do palco.

Fabi Bang como Ariel em cena com Andrezza Massei, a Úrsula de “A Pequena Sereia O Musical”.Foto: João Caldas/Divulgação

Como já dizia o ditado ”O peixe morre pela boca”, foi isso que pensei logo que o musical acabou. Após entrar com um pé atrás, eu sai com o coração transbordando mais amor por tudo que vi. A delicadeza e a forma como a direção criativa e coreógrafa teve de pensar o nado para que isso funcionasse ao vivo, e unir o movimento corporal e o cabos como referência da montagem australiana e japonesa da peça foi brilhante. Com um elenco dedicado, A Pequena Sereia – O Musical consegue entregar o que deseja e encanta o público que tem o privilégio de ver essa peça completa.

O musical já está em cartaz no Teatro Santander e é melhor você comprar seu ingresso logo no Ingresso Rápido. Porque restam poucos lugares! O preço varia de R$ 75 – 280 reais.

Show Full Content
Previous Alone é o novo capítulo da saga de Halsey, com Big Sean e Stefflon Don
Next Cinco tendências da Rio2C – Rio Creative Conference
Close

NEXT STORY

Close

Saiu teaser de Jogador Nº 1

6 de agosto de 2017
Close