Dynasty foi uma novela americana exibida na década de 80, nos Estados Unidos pelo canal ABC. Que felizmente ganhou um remake responsável pelos criadores de Gossip Girl (Stephanie Savage) e The O.C (Josh Schwartz), e pela produtora de Revenge (Sallie Patrick). Atualmente transmitida na Netflix um dia depois de sua exibição em solo americano. Dynasty tem tudo para ser a série fave do momento em quesito treta, fofocas, dinheiro e ambição.

A série narra em seu primeiro episódio a história de duas famílias americanas rivais extremamente ricas, que lutam pelo controle de suas fortunas e de seus filhos: os Carrington e os Colby. Porém a história é focada na protagonista Fallon Carrington (Elizabeth Gillies, de “Brilhante Victória”) que jura fielmente que vai se tornar a futura dona da empresa Carrington Atlantic, graças ao seu pai Blake Carrington (Grant Show). Ao contrário de seu irmão Steven, que no começo quer distância do pai e de toda sua fortuna. A trama começa com mais um casamento de Blake, dessa vez com uma mulher da empresa dele, Cristal Flores (Nathalie Kelley). A união logo não agrada Fallon, por saber que aquilo pode arruinar seu plano de ser dona da empresa. E como sabemos que nenhum poder vem totalmente de graça, Fallon entra literalmente em guerra com Cristal para conquistar o que quer, e coloca o motorista da família na qual mantêm um caso escondido a conhecer mais sobre sua nova madrasta, que ainda cultiva um amor pelo ex Matthew, porém teve que chutá-lo após fisgar o milionário Blake. (Prioridades né mores)

Com direito a roupa rasgada, puxão de cabelo e muita treta, Fallon se volta para o maior rival de seu pai, a família Colby. O episódio retrata também a homossexualidade escondida de Steven, aparentemente apenas Fallon sabe da sexualidade do irmão que por coincidência tem um caso com um boy, que é sobrinho de Cristal, na qual sabe alguns segredos podres do passado da tia e ameaça a mesma a espalhá-lo.

        Fallon e seus amigos assistindo a cerimônia de Blake e Cristal.

Assistindo ao episódio você sente que Fallon tem um pouquinho de Blair Waldorf (Gossip Girl) dentro de sí, fazendo me imaginar uma amizade entre as duas. Elizabeth Gillies cumpre muito bem seu papel no episódio se tornando cativante logo nos primeiros minutos. Depois do cancelamento de Revenge, o fim de Gossip Girl e The O.C, ficamos a mercê de uma série digna como elas. Porém essa trama de família, dinheiro e poder me lembrou muito Empire, que até então lidera a audiência americana nesse gênero de série já na sua quarta temporada. Dynasty tem tudo que uma série precisa para agradar principalmente o público jovem adulto, tanto no elenco, roteiro, e principalmente nesse combo de produtores que fizeram séries tão icônicas.

Já assistiu o primeiro episódio de Dynasty? Deixe um comentário para nós contando o que achou.

 

Show Full Content
Previous BGS10 : Detroit – Become Human questiona o que nos faz humanos
Next Honre os mortos em A Mortician’s Tale
Close

NEXT STORY

Close

Pode entrar Carly Rae Jepsen com clipe de Cut To The Feeling

15 de setembro de 2017
Close