Podem até dizer que a Eletronic Arts é mercenária, vive basicamente de jogo de esportes e é um péssimo local de trabalho, mas se tem uma coisa que ninguém pode por defeito é a iniciativa EA Originals. EA Originals é a iniciativa da EA de apadrinhar jogos indies promissores, bem nos moldes do que é feito por alguns estúdios grandes do cinema como a Fox Searchlight (que rendeu os premiados Juno e Quem Quer Ser Um Milhonário?). Nessa Gamescom, EA nos mostra com mais detalhes o seu próximo projeto EA Originals. Depois do adorável Unravel, chega a vez de conhecermos Fe.

O estúdio responsável por Fe se chama Zoink e pode não ser tão conhecido assim do grande público, apesar de ter obtido relativo sucesso em seus lançamentos anteriores. Stick It To the Man foi um título de Nintendo Wii U que usava das particularidades do console para contar sua história. Vikings Attack, de PS4, apostou mais na ação. Ambos foram eventualmente portados para outras plataformas.

O que une os jogos da Zoink é a sua estética meio macabra. Seus jogos até aqui foram todos 2D, desenhados a mão com personagens de traços exagerados e o corpo separado da cabeça pela boca. Algo bem diferente e a primeira vista desconfortante. Toda essa identidade visual marcante do estúdio só torna mais interessante ver esse salto para o 3D em Fe. De algum modo, mesmo saindo completamente de sua zona de conforto, o estúdio consegue manter sua identidade.

Bons jogos fazem parte da identidade da Zoink e parece que com Fe não será diferente. O jogo foi anunciado há algum tempo, mas ganha destaque nesta Gamescom com um trailer ao som de Dirty Paws, da banda irlandesa de folk Of Monsters and Men. A música é uma das mais icônicas da banda e resume bem a ideia do jogo, se você ouvir a letra com atenção.

O primeiro álbum da banda, que contém Dirty Paws, tem uma pegada bastante fantasiosa e letras que falam, entre outras coisas, de épicas aventuras entre animais míticos. Basicamente disso que se trata o jogo, inclusive. Em Fe, você é uma criatura explorando uma misteriosa floresta. Você está cercado por vida e por meio dos sons, você pode se conectar com a floresta e seus habitantes. O jogo tem uma pegada estilo metroidvania e quanto mais você explora a floresta, conhecendo seus atalhos e descobrindo novas habilidades, mais ela cresce.

Nas palavras de Andreas Beijer, diretor criativo de Fe, “Fe é um jogo de plataforma sem palavras, mas repleto de sons. Queremos que você reserve um tempo para parar e realmente escutar a floresta à sua volta, pois ela é realmente algo vivo.” O jogo está tão bonito que parar para observar a floresta é a coisa mais intuitiva a se fazer. Fiquem com o trailer da Gamescom de Fe:

Fe estará disponível no começo de 2018 para Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One e PC. Além de Fe, o estúdio também está trabalhando em Flipping Death, anunciado mais cedo este ano para Nintendo Switch sem previsão de lançamento

 

Show Full Content
Previous Gamescom ’17 : A Hat in Time finalmente ganha data de lançamento
Next Tove Lo libera “Fire Fade”, segunda parte do álbum visual Lady Wood
Close

NEXT STORY

Close

Lady Gaga irá “sumir”

9 de setembro de 2017
Close